Aeroporto de Foz do Iguaçu é o único do Brasil a crescer acima de 10%

Terminal da Terra das Cataratas teve aumento de 12,15% no movimento de passageiros no primeiro semestre de 2017 em relação ao ano passado

O aeroporto de Foz do Iguaçu foi o que mais cresceu no primeiro semestre de 2017. Com um aumento de 12,15% no movimento de passageiros em relação ao mesmo período do ano passado, foi o único terminal entre os 30 maiores do Brasil a ultrapassar os 10% de variação positiva.

Nos primeiros seis meses deste ano, 1,03 milhão de pessoas embarcaram e desembarcaram no aeroporto da fronteira. O melhor mês foi janeiro, com 229.313 passageiros.

Com o período de férias em julho, a expectativa é que o aeroporto de Foz do Iguaçu continue registrando crescimento. E ainda mais positivo. Somente nessa época, a cidade vai receber mais de 400 voos extras, em uma média de 14 novos voos diários.

“Foz do Iguaçu é um dos destinos mais procurados do Brasil para as férias de julho. A oferta de assentos extras pelas companhias aéreas é um reflexo da demanda pelo destino, que está em alta.”
Gilmar Piolla, secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos de Foz do Iguaçu.

Azul, Gol e Latam Brasil ampliaram frequências nas principais ligações com o aeroporto, como Curitiba, São Paulo, Campinas, Porto Alegre e Rio de Janeiro.

Somente a Gol disponibilizou 57 novas frequências semanais entre Foz do Iguaçu e São Paulo, além de outras 31 novas operações para o Rio de Janeiro. A empresa, aliás, criou rotas especiais diretas para o Nordeste, que deve intensificar o turismo nas duas pontas. Nesse período, haverá voos entre Foz e Salvador, Recife, Fortaleza e Maceió.

A Latam reforçou a malha com 91 frequências extras, especialmente para São Paulo e Rio de Janeiro. Já a Azul está ofertando 102 novas frequências para Curitiba, Campinas e Porto Alegre.

A Avianca, que voa diariamente entre a cidade e Guarulhos e Rio de Janeiro, não aumentou o número de voos no período de férias.

Brasil

Além de Foz do Iguaçu, outros 12 aeroportos brasileiros entre os 30 maiores registraram crescimento no movimento de passageiros nos seis primeiros meses de 2017.

O primeiro a aparecer depois de Foz foi o aeroporto de Congonhas, em São Paulo, com aumento de 6,82%, seguido de Natal, Florianópolis, Uberlândia e Belém, todos acima de 5%.

Na outra ponta, as maiores quedas foram João Pessoa, com recuo de 20,65%, e Brasília, que registrou 12,2% a menos de passageiros.

Leia mais

Comente

Seu endereço de email não será publicado.

error: O AviaçãoJor é uma agência de notícias e todo os conteúdos são protegidos por direitos autorais. Se você deseja reproduzir algum conteúdo, acesse o site da agência em http://www.aviacao.jor.br/agencia