Airbus emplaca A321LR no Canadá e tenta convencer aéreas dos EUA

Air Transat vai arrendar dez unidades de longo alcance do A321neo e será a primeira empresa da América do Norte a operar o modelo

A companhia aérea canadense Air Transat anunciou nesta segunda-feira (11) que vai arrendar dez Airbus A321LR, sendo a primeira empresa norte-americana a apostar no avião de maior alcance da nova família Neo da fabricante europeia.

As aeronaves, que serão cedidas via leasing pela AerCap, serão configuradas com 200 assentos e têm previsão de entrega para 2019 e 2020.

A movimentação da Air Transat era o que a Airbus precisava para tentar levar o A321LR para outras companhias da região, que buscam um substituto aos já cansados Boeing 757, especialmente nas rotas do Atlântico Norte.

“[A aeronave] Fornece aos operadores uma opção moderna altamente eficiente e acessível para suas rotas transatlânticas, e nós esperamos que outras companhias norte-americanas sigam o exemplo da Air Transat.”
John Leahy, COO de clientes da Airbus.

O A321LR pode voar por até 4 mil milhas náuticas (7,4 mil quilômetros), alcance superior ao do Boeing 757. Sem contar que é mais econômico, com motores mais modernos e materiais mais leves.

Airbus A321LR nos Estados Unidos

A meta da Airbus é convencer as principais operadoras do Boeing 757 nos Estados Unidos a optarem pelo A321LR. Só American Airlines, Delta Air Lines e United Airlines têm, juntas, mais de 250 aviões da Boeing nas suas frotas, e todos com pelo menos 15 anos de operação.

A Airbus até agora só havia recebido encomendas pelo A321LR de companhias aéreas da Europa, como Norwegian, Air Astana e Azores Airlines. A TAP também já demonstrou interesse no avião.

Leia mais

Comente

Seu endereço de email não será publicado.

error: O AviaçãoJor é uma agência de notícias e todo os conteúdos são protegidos por direitos autorais. Se você deseja reproduzir algum conteúdo, acesse o site da agência em http://www.aviacao.jor.br/agencia