Azul encomenda cinco Airbus A330-900neo

A Azul e a Avolon, empresa especializada em leasing de aeronaves, fecharam o arrendamento de cinco Airbus A330-900neo. O primeiro avião deverá ser entregue no final de 2018.

Os A330-900neo serão configurados para 298 assentos, sendo 34 na classe executiva, 108 na econômica premium e 156 na econômica. No total, a aeronave terá 27 assentos a mais que os atuais A330-200 utilizados pela companhia nas rotas internacionais.

“Estamos muito animados em voltar a crescer. Esses novos aviões vão ter um papel-chave na expansão dos nossos mercados internacionais e darão suporte a nossa estratégia de ter uma frota moderna e eficiente do ponto de vista de combustível.”
John Rodgerson, CEO da Azul.

Hoje, a Azul tem seis A330-200 na frota, sendo que deve receber em breve outra aeronave que foi cedida em 2016 para a TAP. Os destinos internacionais operados pelo avião são Orlando, Fort Lauderdale e Lisboa.

Com o leasing das cinco aeronaves com a Avolon, a Azul acaba seguindo o caminho aberto pela parceira TAP. A companhia portuguesa, que é controlada por David Neeleman, fundador e presidente da Azul, será a cliente de lançamento do A330-900neo. Com atrasos no programa, a empresa deve receber o primeiro exemplar somente no segundo trimestre de 2018.

O A330neo

O A330-900neo está prestes a realizar o primeiro voo. A expectativa era que ocorresse ainda em setembro deste ano, mas problemas com os motores Rolls-Royce Trent 700 adiaram o voo inaugural.

A aeronave é uma evolução da família A330 e incorpora novidades tecnológicas e de materiais presentes nos modelos mais novos da Airbus, como o A350 e A320neo. De acordo com a fabricante europeia, a expectativa é que o avião consuma 14% a menos de combustível e ganhe 400 milhas náuticas (740 quilômetros) extras de alcance.

Além do A330-900neo, a Airbus também vai fabricar o A330-800neo, uma versão cerca de 5 metros menor.

Hoje, a Airbus tem na carteira 210 encomendas por aviões da família A330neo, de 11 clientes diferentes . A Avolon, que cederá via leasing os cinco exemplares para a Azul, encomendou 15.

Leia também

Premiação da Copa do Mundo de 2018 na Rússia com ação da Qatar Airways (Foto: Divulgação/Qatar Airways)

Por que as aéreas do Oriente Médio investem pesado no futebol

Emirates, Eithad Airways e Qatar Airways usam competições e clubes para divulgarem suas marcas. Resultado em campo soma títulos nacionais e europeus
Mercado de turbolélices é dominado por ATR e Bombardier (Foto: Divulgação/ATR)

Por que a Embraer quer voltar a fabricar aviões turboélices?

Fabricante brasileira acredita que ATR e Bombardier oferecem aeronaves antigas e que pode mudar o jogo
Aeroporto de Guarulhos é a principal porta de saída do Brasil (Foto: Divulgação/GRU Airport)

Aéreas brasileiras crescem no mercado internacional

Novas rotas e reforço de frequências têm marcado 2017 para Avianca Brasil, Azul, Gol e Latam
Netflix tem parcerias com Aeromexico, Qantas e Virgin America (Foto: Divulgação/Virgin America)

Netflix quer ampliar oferta a bordo dos aviões

Empresa de entretenimento prepara lançamento de novo serviço, mais rápido e leve, voltado para aeronaves com wi-fi