Itapemirim compra a Passaredo e volta à aviação após quase 20 anos

Empresa anunciou que vai assumir controle acionário da companhia aérea regional e que vai incorporar mais 20 aeronaves à frota

O Grupo Itapemirim informou nesta segunda-feira (3) que vai assumir o controle acionário da Passaredo, quinta maior companhia aérea do Brasil, com 0,4% de participação do mercado.

A negociação ainda está em andamento e, segundo informaram as empresas, deve perdurar por mais 60 dias. O valor do negócio não foi comunicado.

O empresário Sidnei Piva, que controle o Grupo Itapemirim ao lado de Camila Valdívia, vai assumir o comando executivo da Passaredo. E os planos para a companhia aérea são ambiciosos, conforme nota enviada à imprensa.

“O grupo que objetiva crescer não só no transporte de passageiros mas também em cargas, deve incorporar mais 20 aeronaves à frota até o final de 2018, chegando assim a aproximadamente 80 destinos aéreos no interior do país. Por sua vez, a integração entre as malhas aérea e terrestre atingirá cerca de 2,5 mil cidades do Brasil.”

Hoje, a frota da Passaredo é composta por seis aeronaves ATR-72 (cinco da versão -500 e um do modelo -600) com capacidade para 70 passageiros. A empresa voa para 14 destinos no país.

Retorno da Itapemirim

A investida do Grupo Itapemirim na aviação não é novidade. A empresa permaneceu no ar por quase dez anos, entre 1991 e 1999, atuando no setor de carga aérea.

Com a frota baseada exclusivamente nos trimotores Boeing 727, a Itapemirim transportava cargas principalmente nas rotas para Manaus, Campinas, Guarulhos, Recife, Fortaleza e Rio de Janeiro.

A entrada da empresa no ramo de transporte de passageiros, porém, não foi bem sucedida. Com dois monomotores Cessna 280B Grand Caravan, que transportavam até nove passageiros, a Itapemirim Transportes Aéreos Regionais operou entre 1997 e 1998, quando foi adquirida pela TAM.

As rotas regulares da companhia ligavam Rio de Janeiro, Resende, Guarulhos, Itaperuna e Cachoeira do Itapemirim.

Leia mais

Comente

Seu endereço de email não será publicado.

error: O AviaçãoJor é uma agência de notícias e todo os conteúdos são protegidos por direitos autorais. Se você deseja reproduzir algum conteúdo, acesse o site da agência em http://www.aviacao.jor.br/agencia