Quem é John Rodgerson, o novo presidente da Azul

A Azul anunciou na manhã desta segunda-feira (24) que John Rodgerson é o novo presidente da companhia. Antonoaldo Alves, que estava no cargo desde 2014, passa a integrar o Conselho da TAP.

Quando David Neeleman decidiu fundar a Azul, em 2007, ele chamou três pessoas para ajudá-lo no projeto de uma empresa no Brasil: Gerald Lee, Trey Urbhan e Rodgerson. O trio trabalhava com ele na JetBlue.

O agora presidente da Azul era, na época, o diretor de planejamento e análise financeira da companhia aérea norte-americana, e foi peça fundamental na elaboração do plano de negócios da empresa brasileira e no levantamento de capital.

John Rodgerson tem 41 anos e se formou em Finanças pela Brigham Young University, nos Estados Unidos. Ele ingressou na JetBlue em 2003. Antes, havia trabalhado na IBM Global Services por dois anos.

Depois da JetBlue, Rodgerson dedicou-se exclusivamente à Azul como vice-presidente de finanças, cargo que agora passa a ser de Alex Malfitani, que também está na empresa desde a fundação.

Segundo Neeleman, o novo presidente da Azul também foi um dos responsáveis pelo processo de abertura de capital no Brasil e nos Estados Unidos.

“John Rodgerson é um de nossos fundadores e um líder extremamente qualificado para assumir essa posição. Ele teve papel decisivo na criação da nossa cultura e foi responsável por levantar o capital necessário para construir nossa companhia.”
David Neeleman, fundador e presidente da Conselho da Azul.

Gustavo Ribeiro
Fundador e editor-chefe do AviaçãoJor.

Leia também

Premiação da Copa do Mundo de 2018 na Rússia com ação da Qatar Airways (Foto: Divulgação/Qatar Airways)

Por que as aéreas do Oriente Médio investem pesado no futebol

Emirates, Eithad Airways e Qatar Airways usam competições e clubes para divulgarem suas marcas. Resultado em campo soma títulos nacionais e europeus
Mercado de turbolélices é dominado por ATR e Bombardier (Foto: Divulgação/ATR)

Por que a Embraer quer voltar a fabricar aviões turboélices?

Fabricante brasileira acredita que ATR e Bombardier oferecem aeronaves antigas e que pode mudar o jogo
Aeroporto de Guarulhos é a principal porta de saída do Brasil (Foto: Divulgação/GRU Airport)

Aéreas brasileiras crescem no mercado internacional

Novas rotas e reforço de frequências têm marcado 2017 para Avianca Brasil, Azul, Gol e Latam
Netflix tem parcerias com Aeromexico, Qantas e Virgin America (Foto: Divulgação/Virgin America)

Netflix quer ampliar oferta a bordo dos aviões

Empresa de entretenimento prepara lançamento de novo serviço, mais rápido e leve, voltado para aeronaves com wi-fi