Netflix quer ampliar oferta a bordo dos aviões

Empresa de entretenimento prepara lançamento de novo serviço, mais rápido e leve, voltado para aeronaves com wi-fi

A Netflix tem planos ambiciosos para ampliar o alcance da sua plataforma. Com mais de 104 milhões de assinantes em mais de 190 países, a empresa norte-americana agora quer dominar também os céus.

Nos últimos anos, a gigante do entretenimento tem trabalhado para reduzir o consumo de banda para fornecer o streaming de filmes e séries. Parte desse trabalho está voltado para o uso da plataforma a bordo de aviões comerciais equipados com wi-fi.

A Netflix está presente nas aeronaves desde 2015, quando fechou uma parceria com a Virgin America para disponibilizar seu catálogo para os passageiros, assinantes ou não, e sem custos de wi-fi. Na sequência vieram a Qantas e a Aeromexico.

Esse período serviu de laboratório para a empresa analisar dados de consumo de internet e qualidade na transmissão. Com essas informações na mão, a Netflix prepara o Netflix Inflight 2.0, uma versão mais rápida e mais leve do serviço voltado para a aviação.

“Ao remover o temor sobre os custos de banda de internet, as companhias aéreas vão começar a promover ativamente o streaming de vídeo em seus voos e assim nós poderemos agradar nossos clientes em comum.”
Spencer Wang, vice-presidente de Finanças e Relações com Investidores da Netflix.

A expectativa da Netflix é disponibilizar esse novo serviço no início de 2018. Só que isso vai depender das companhias aéreas, se estão dispostas a ceder parte dos lucros com pacotes de wi-fi em troca de engajamento dos passageiros com o serviço de streaming.

Segundo a Netflix, a Virgin America aumentou em 30% o número de passageiros fiéis após a adoção gratuita do serviço de streaming a bordo das aeronaves.

Parcerias

Uma das principais parceiras da Netflix nessa empreitada é a Gogo, empresa norte-americana que fornece internet nos aviões. É a partir dela que a Netflix espera expandir seus serviços.

A Gogo é a provedora de wi-fi da Virgin America e Aeromexico, duas das companhias parceiras da Netflix. No rol de clientes da Gogo ainda estão Air Canada, Air France, Alaska Airlines, American Airlines, British Airways, Delta Air Lines, Iberia, Japan Airlines, KLM e United Airlines. Se conseguir ampliar a parceria com a Gogo, a Netflix terá companhias aéreas de peso ao seu lado.

Virgin America foi a primeira parceira da Netflix. Na foto, ator Michael Kelly de House of Cards (Foto: Divulgação/Virgin America)
Virgin America foi a primeira parceira da Netflix. Na foto, ator Michael Kelly de House of Cards (Foto: Divulgação/Virgin America)

No Brasil, a Gol oferece wi-fi em mais de 50% das suas aeronaves, também a partir da tecnologia da Gogo. Entretanto, a companhia brasileira não acena positivamente para a Netflix.

“A Gol está sempre avaliando novas oportunidades para a melhoria da plataforma, mas, até o momento, não há realmente qualquer negociação a respeito disso.”
Gol Linhas Aéreas, via assessoria de imprensa.

A Avianca Brasil também oferece wi-fi para os passageiros. E em comunicado, também não indicou que deva seguir Virgin, Qantas e Aeromexico.

“A Avianca Brasil tem investido continuamente em tecnologias que aprimorem a experiência a clientes a bordo.”
Avianca Brasil, via assessoria de imprensa.

Leia mais

Comente

Seu endereço de email não será publicado.

error: O AviaçãoJor é uma agência de notícias e todo os conteúdos são protegidos por direitos autorais. Se você deseja reproduzir algum conteúdo, acesse o site da agência em http://www.aviacao.jor.br/agencia