Sudeste domina 50% das decolagens domésticas no Brasil

O Anuário do Transporte Aéreo 2016, divulgado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) na última sexta-feira (30), aponta que a região Sudeste representou metade de todas as decolagens de voos domésticos realizadas no Brasil no ano passado.

De acordo com o relatório da Anac, 414.969 decolagens ocorreram em aeroportos dos estados do Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Na sequência, aparecem as regiões Nordeste, Centro-Oeste, Sul e Norte.

São 31 aeroportos responsáveis pela extensa participação do Sudeste entre os voos regulares. Desses, oito estão entre os 20 mais movimentados do país: Guarulhos, Congonhas, Campinas, Confins, Galeão, Santos Dumont, Vitória e Ribeirão Preto.

Nos dados de passageiros embarcados, a conta é praticamente a mesma. Só o Sudeste responde por 49,4% do mercado doméstico, com 43,8 milhões de pessoas pagando para viajar a partir de um aeroporto da região.

Rotas do Sudeste

Das dez rotas domésticas mais aquecidas do Brasil, todas envolvem pelo menos um aeroporto da região Sudeste.

O trecho com maior número de passageiros é a ponte aérea entre Congonhas e Santos Dumont. Só esta rota foi responsável por 3,9 milhões de passageiros pagos transportados em 2016.

Congonhas está envolvida em cinco das dez rotas mais intensas, ao lado do aeroporto de Guarulhos.

Gustavo Ribeiro
Fundador e editor-chefe do AviaçãoJor.

Leia também

Premiação da Copa do Mundo de 2018 na Rússia com ação da Qatar Airways (Foto: Divulgação/Qatar Airways)

Por que as aéreas do Oriente Médio investem pesado no futebol

Emirates, Eithad Airways e Qatar Airways usam competições e clubes para divulgarem suas marcas. Resultado em campo soma títulos nacionais e europeus
Mercado de turbolélices é dominado por ATR e Bombardier (Foto: Divulgação/ATR)

Por que a Embraer quer voltar a fabricar aviões turboélices?

Fabricante brasileira acredita que ATR e Bombardier oferecem aeronaves antigas e que pode mudar o jogo
Aeroporto de Guarulhos é a principal porta de saída do Brasil (Foto: Divulgação/GRU Airport)

Aéreas brasileiras crescem no mercado internacional

Novas rotas e reforço de frequências têm marcado 2017 para Avianca Brasil, Azul, Gol e Latam
Netflix tem parcerias com Aeromexico, Qantas e Virgin America (Foto: Divulgação/Virgin America)

Netflix quer ampliar oferta a bordo dos aviões

Empresa de entretenimento prepara lançamento de novo serviço, mais rápido e leve, voltado para aeronaves com wi-fi
error: O AviaçãoJor é uma agência de notícias e todo os conteúdos são protegidos por direitos autorais. Se você deseja reproduzir algum conteúdo, acesse o site da agência em http://www.aviacao.jor.br/agencia