Wi-fi será decisivo para escolher empresa aérea, diz pesquisa

Estudo da Inmarsat revela que passageiros consideram o acesso à internet mais importante que plataformas de entretenimento nos aviões

Uma pesquisa conduzida pela Inmarsat, empresa de comunicações por satélite, apontou que o acesso à internet wi-fi a bordo dos aviões já não é mais um luxo e sim uma necessidade para os passageiros.

O estudo mostrou que 61% dos viajantes consideram que a conexão à internet é mais importante que sistemas de entretenimento, como televisão ou jogos.

Essa tecnologia relativamente nova nos aviões deve se tornar um item obrigatório para as companhias aéreas, já que 44% dos entrevistados disseram que deixariam de voar por uma empresa se ela não oferecesse wi-fi.

O levantamento da Inmarsat entrevistou 9 mil pessoas em 18 países de todos os continentes.

No recorte da América Latina, onde internet a bordo ainda começa a dar os primeiros passos, a exigência do passageiro quanto ao serviço é menor. Dos entrevistados do continente, 54% consideram o wi-fi mais importante que outras formas de entretenimento.

No Brasil, Avianca e Gol oferecem o serviço desde 2016. Por enquanto a Avianca não cobra pelo acesso à internet. Já a Gol, após um período de experiência, passou a cobrar a conexão em maio.

Leia mais

Comente

Seu endereço de email não será publicado.

error: O AviaçãoJor é uma agência de notícias e todo os conteúdos são protegidos por direitos autorais. Se você deseja reproduzir algum conteúdo, acesse o site da agência em http://www.aviacao.jor.br/agencia